O pai-nosso contemporâneo

by davidraimundo

Então um guru subiu ao poleiro e, gesticulando, ensinou os seus discípulos:
“Vocês, quando orarem, orem assim:
Mercado nosso que estás nas principais praças financeiras,
Acalmados sejam os teus nervos,
Venha a nós a tua ditadura, assim na riqueza como na pobreza,
Os juros de cada dia nos dá hoje,
E compra-nos a nossa dívida, assim como nós compramos a dívida dos criminosos que são nossos cúmplices,
E não nos conduzas à bancarrota, mas livra-nos do défice,
Porque teu é o crescimento, a retoma e o milagre económico para sempre
[bom… depois das legislativas logo se vê se é ou não para sempre].
Amén.”

Anúncios