No chão da vida

by davidraimundo

Teologia é todo o discurso sobre Deus. (Portanto, todos temos uma teologia!)

Teologia cristã é todo o discurso sobre Deus que brota da crença de que Cristo é a perfeita revelação de Deus. Ora se Cristo é a perfeita revelação de Deus, tal significa que Deus escolheu revelar-se encarnando. Dito de outra forma, e usando um palavrão, Deus escolheu revelar-se antropomorficamente. É esta escolha de Deus que nos autoriza a fazer teologia orientada para os problemas do homem. Centrar a teologia nos problemas do homem é uma corrente que é, por vezes, alvo de críticas. Mas, na minha óptica, este procedimento não belisca em nada a grandeza e a glória de Deus. Pelo contrário! Deus ama e, por amar, a sua acção na História é também orientada para os problemas do homem. Que magnífico amor! Ao orientarmos a teologia que fazemos para acudir as aflições humanas, estamos apenas a seguir o exemplo do próprio Deus.

Assim, a teologia cristã não visa produzir teorias metafísicas nem explicar Deus matematicamente. A teologia cristã não visa produzir deleite intelectual nem conceitos desligados da vida prática. Visa sim estabelecer pontes entre a revelação de Deus e as eternas questões da antropologia, da filosofia e, sobretudo, os dilemas globais e pessoais que angustiam os corações de todos os homens. O Evangelho de Cristo – a Boa Notícia – é que há respostas para os dilemas. As respostas têm as suas raízes na cruz e no sepulcro vazio e estão, todas elas, impregnadas da mais pura e eficiente Graça. Mas, para além disso, somos desafiados a encarnar também as respostas – esta é a missão da Igreja – semeando esperança, paz e alegria onde quer que reine a angústia.

Façamos pois teologia no ‘chão da vida’, contribuíndo para que o sagrado invada todos os corações e todos os lugares onde há desespero, medo, doença, violência e pecado.

(Reflexão altamente inspirada neste texto com o qual me identifico imenso.)

Anúncios